O que é a Agricultura Urbana

A Agricultura Urbana (AU) é a agricultura praticada no interior (agricultura intra-urbana) ou na periferia (agricultura peri-urbana) de uma localidade ou cidade com o objectivo de cultivar e distribuir uma diversidade de produtos alimentares.

Esta actividade utiliza os recursos humanos e materiais, produtos e serviços disponíveis dentro ou em redor da área urbana.

A AU é realizada, geralmente, em pequenas áreas e destina-se sobretudo a uma produção para utilização e consumo próprio ou para a venda em pequena escala, em mercados locais. Pratica-se principalmente em quintais, em terraços ou pátios, ou ainda em hortas urbanas – espaços comunitários ou espaços públicos não urbanizados.

A AU contribui para a segurança alimentar pois:

  • Permite aumentar a quantidade de bens alimentares disponibilizados aos cidadãos que habitam nas cidades;
  • Permite a disponibilização de produtos frescos - como legumes, fruta ou carne – aos consumidores urbanos.

A AU é encarada como uma prática sustentável em termos energéticos porque resulta na redução da pegada ecológica dos alimentos: por um lado, incentiva o consumo de produtos sazonais e por outro, dispensa o transporte de bens alimentares de locais mais distantes.

Em termos de ecologia urbana, este tipo de agricultura tem a vantagem de promover a biodiversidade e a implementação de mais espaços verdes nas cidades, com todas as vantagens que lhe estão associadas.

O programa Hortas de Cascais visa o potenciar a prática da AU sustentável no concelho de Cascais, na forma de hortas comunitárias e hortas privadas para auto-sustento.

Acreditamos que a AU de que esta actividade pode ajudar a dar resposta a muitos dos desafio das cidades, tendo benefícios transversais a todos os pilares do desenvolvimento sustentável.

»Conheça a Rede Portuguesa de Agricultura Urbana e Peri-urbana